Olá, Visitante. Por favor entre ou registe-se se ainda não for membro.
Perdeu o seu e-mail de activação?

13 de Maio de 2021, 06:23

Entrar com nome de utilizador, password e duração da sessão

21 Visitantes, 0 Membros

Autor Tópico: Mecânica geral - Nomes e funções dos componentes mecânicos  (Lida 10089 vezes)

Offline TesZero

  • Stage VI
  • ***
  • Mensagens: 7980
  • Actividade:
    0%
    • Comunidade Saab
  • Localização:
    Porto
Serve o presente tópico para tentar explicar o funcionamento de cada componente dentro do motor.

Desta forma é possível associar os nomes que ouvimos ao componente mecânico.

Este tópico estará em constante actualização.

Podem e devem acrescentar informação, corrigir em caso de erro e perguntar em caso de dúvidas.

De Seguida deixo um índice para facilmente encontrarem o nome do componente que procuram e ter acesso à informação sobre o mesmo:

1 - Cassete D.I.
2 - Tampa de Válvulas
3 - Juntas da tampa de válvulas
4 - Colaça
5 - Árvore de cams
6 - Sistema de válvulas
7 - Pistões
8 - Bielas
9 - Segmentos
10 - Bronzes
11 - Injectores de Óleo
12 - Bomba de agua
13 - Bloco
14 - Distribuição
15 - Correia dos elementos
16 - Veios de equilíbrio

Abraço
« Última modificação: 02 de Março de 2013, 22:27 por TesZero »
SAABsPORTUGAL - Comunidade SAAB em PORTUGAL

Offline TesZero

  • Stage VI
  • ***
  • Mensagens: 7980
  • Actividade:
    0%
    • Comunidade Saab
  • Localização:
    Porto
Re: Mecânica geral - Nomes e funções dos componentes mecânicos
« Responder #1 em: 29 de Janeiro de 2013, 19:37 »
1 - Cassete D.I.

Nome técnico: Direct Ignition Cassette - K7 D.I.

Foto ilustrativa:


Descrição e funcionamento:
As cassetes DI apareceram nos motores b202 em 1989. O propósito das mesmas é eliminar a comum bobine de ignição e cabos ate à data usados.
A cassete DI é composta por 4 bobines em vez de 1 no anterior sistema de Ignição o que permite melhor performance do motor. O motor b202 com cassete DI tem um incremento de 10cv face ao sistema de bobine única.
A cassete tem também como função detectar possíveis detonação dentro do motor (quando a mistura é pobre), precavendo assim a danificação do motor.
Existem actualmente dois modelos de cassetes usadas nos motores SAAB:
- Vermelhas - utilizadas nos SAAB 9000 e 900 de 1989 até 1998. Estas cassetes são unidireccionais e são compatíveis unicamente com os modelos de saabs indicados, que equipam o motor B202, B232, B204 e b234.
- Pretas - Utilizadas nos saabs 9-3 e 9-5 desde 1998 à actualidade com motores b205, b235 e b207. As cassetes pretas podem ser utilizadas também nos motores anteriores havendo casos em que a detecção de detonação das mesmas é menos sensível do que as indicadas.
As cassetes vermelhas têm um período de vida de aproximadamente 100.000 a 150.000.
Devem de ser unicamente utilizadas velas recomendadas com "R" (resistência) para o bom funcionamento da detecção de detonação.
Nas cassetes pretas o período de vida é significativamente superior chegando a passar dos 200.000 kms.
A cassete DI está directamente montada com uma bobine em cada vela, sem cabos e ligada por uma ficha lateral ao sistema electrónico de injecção do carro.
É fixa por 4 parafusos torx.

_______________________________________________________


2 - Tampa de Válvulas

Nome técnico: Cam Cover

Foto ilustrativa:


Descrição e funcionamento:
A tampa de válvulas situa-se na parte superior do motor.
Dentro da tampa de válvulas temos acesso às árvores de cams, distribuição do motor e touches hidráulicas.
A câmara criada dentro da tampa de válvulas tem como finalidade lubrificar os elementos acima referidos, assim como permitir o respiro de vapores de óleo provenientes do cárter.

_______________________________________________________

3 - Juntas da tampa de válvulas

Nome técnico: Cam Cover Gaskets

Foto ilustrativa:


Descrição e funcionamento:
A tampa de válvulas assenta na colaça do motor, entre os dois componentes existe uma junta de borracha que tem como objectivo vedar, não permitindo que o óleo saia para fora do motor ou que outros elementos entrem contaminando o mesmo.
São duas juntas que compõem este kid, junta exterior e interior que normalmente não vêm no kit de juntas da colaça.

_______________________________________________________

4 - Colaça / Cabeça do motor

Nome técnico: Head

Foto ilustrativa:


Descrição e funcionamento:
A colaça / cabeça do motor divide a câmara de combustão. Fica em cima do bloco do motor logo em cima dos pistões. Tem como objectivo ser suporte de funcionamento das árvores de cams, válvulas, touches, ser passagem da mistura de ar/combustível através da admissão e saída de gases de escape.
A colaça assenta em cima do bloco tendo a famosa junta de colaça entre ambos.
As colaças são feitas em alumínio devido às altas temperaturas de escape dissiparem, permutando o mínimo de calor para a admissão.


_______________________________________________________

5 - Árvores de cams

Nomes técnicos: Camshafts

Foto ilustrativa:


Descrição e funcionamento:
A função das árvores de cams é regular o tempo de abertura de válvulas, cada grupo de válvulas tem um tempo de abertura diferente, através de uma pequena saliência no veio da árvore de cam a válvula é aberta fazendo assim a admissão de mistura ou a exaustão de gases de escape.
As árvores de cams rodam através da corrente / correia (saabs usam normalmente corrente) de distribuição. A corrente de distribuição está ligada à cambota do motor, estando assim em sintonia a abertura de válvulas com a descida dos pistões.
A esse tempo certo de sincronização de motor chama-se Ponto de Motor. Caso o ponto de motor não esteja certo, ao abrir uma válvula é possível que o pistão suba e acerte na mesma.
Existem upgrades de árvores de cams, estas têm saliências diferentes que aumentam ou diminuem o tempo de abertura de válvulas alterando a compressão do motor ou o fluxo de ar admitido.


_______________________________________________________

6 - Sistema de abertura de válvulas

Nomes técnicos: Válvula (valve), mola (spring), touche (lifter), Cam (cam)

Foto ilustrativa:


Descrição e funcionamento:

A função do sistema de válvulas é simplesmente fazer a admissão de mistura e exaustão de gases.
Através da distribuição, as árvores de cams rodam. ao rodarem, pequenas saliências batem nas touches que passam a força às válvulas, empurrando as mesmas fazendo-as abrir. Assim que a árvore de cams faz passar a saliência na touche uma mola força a válvula a recuar novamente contra a parede da câmara de combustão tornado a mesma estanque.
Os motores SAAB são normalmente constituídos por 8 ou 16 válvulas, normalmente 2 de escape e 2 de admissão por cilindro. Sendo motores de 4 tempos, são abertas as válvulas de admissão para entrar ar e combustível, fecham as mesmas, há a compressão e explosão e de seguida são abertas as válvulas de escape para fazer a exaustão dos gases após explosão.
As válvulas e molas são presas por um freio, o freio é constituído por duas pequenas meias luas que impedem da válvula sair do sitio e que a mola faça força fechando a válvulas.

_______________________________________________________

7 - Pistões

Nomes técnicos: Piston

Foto ilustrativa:


Descrição e funcionamento:

Os pistões e sua estanquecidade são pontos fulcrais no bom funcionamento do motor. Estão dentro do bloco e o seu diâmetro e curso têm como resultado prático a cilindrada do motor.
O pistão é a peça responsável por absorver o impacto da explosão e fazer rodar a cambota, que transmitirá rotação à transmissão, fazendo assim o carro andar.
Os pistões estão directamente ligados às bielas e em contacto com o bloco pelos segmentos.

_______________________________________________________

8 - Bielas

Nomes técnicos: Connecting Rods

Foto ilustrativa:


Descrição e funcionamento:

As bielas ligam directamente do pistão (através de uma cavilha) até à cambota.
Entre a ligação da biela e da cambota são usados bronzes que permitem que exista rotação.
O cumprimento das bielas irá aumentar ou diminuir o curso do pistão, fazendo consequentemente aumentar ou diminuir o montante de cilindrada do motor.
As bielas são responsáveis por absorver o impacto da explusão recebida pelo pistão e transmitir a mesma à cambota.

_______________________________________________________

9 - Segmentos

Nomes técnicos: Piston Rings

Foto ilustrativa:


Descrição e funcionamento:

Os segmentos encontram-se entre os pistões e o bloco.
É função dos mesmos evitar que o bloco e pistão se toquem danificando-se.
Garantem também a estanquecidade entre o cárter e a câmara de combustão, não perdendo assim compressão do motor.
É comum os motores perderem compressão pelos segmentos, passando óleo do cárter / cambota para a câmara de combustão.

_______________________________________________________

10 - Bronzes

Nomes técnicos: Bearings

Foto ilustrativa:


Descrição e funcionamento:

Os bronzes encontram-se na cambota do motor em todos os pontos de contacto. Sendo a cambota responsável pela transmissão de rotação à caixa, esta encontra-se em constante rotação. Os bronzes ajudam nessa mesma rotação para evitar que os metais gripem. Os bronzes são perfurados para permitir a passagem de óleo para lubrificação.
Num motor SAAB, exemplo b2x4x ou b2x5x de 4 cilindros a cambota é fixa ao bloco em 5 ponto e ligam 4 bielas à cambota. Por esse motivo a cabota gasta 10 bronzes de cambota (main bearings) e 8 bronzes de vielas (Con Rod bearings).
Dois bronzes unidos fazem um circulo fechado representando cada apoio da cambota.
« Última modificação: 09 de Fevereiro de 2013, 00:51 por TesZero »
SAABsPORTUGAL - Comunidade SAAB em PORTUGAL

Offline TesZero

  • Stage VI
  • ***
  • Mensagens: 7980
  • Actividade:
    0%
    • Comunidade Saab
  • Localização:
    Porto
Re: Mecânica geral - Nomes e funções dos componentes mecânicos
« Responder #2 em: 31 de Janeiro de 2013, 21:20 »
11 - Injectores de Óleo

Nomes técnicos: Oil Injectors

Foto ilustrativa:


Descrição e funcionamento:

Nem todos os motores possuem injectores de óleo. Os mesmos estão presentes por exemplo nos motores b234. O propósito dos injectores de óleo é lubrificarem os pistões e bielas por baixo, assim como o próprio bloco.
Eles ficam situados no bloco, têm passagens de óleo próprias e apontam directamente para debaixo dos pistões.

_______________________________________________________

12 - Bomba de agua

Nomes técnicos: Water Pump

Foto ilustrativa:


Descrição e funcionamento:

O propósito da existência da bomba de agua é irrigar o motor criando pressão positiva no motor.
A bomba de agua é um elemento mecânico que através da correia dos elementos é accionada pela rotação da cambota.
Recebe o liquido refrigerante do vaso de expansão e envia para o radiador de agua, após isso passa pelo termostato que, se aberto, cumpre a sua função de refrigerar o bloco.
A agua quente bombeada serve para aquecer o circuito de sofagem do carro.

_______________________________________________________

13 - Bloco

Nomes técnicos: Block

Foto ilustrativa:


Descrição e funcionamento:

O bloco é a parte central do motor.
É no seu interior que é formada a câmara de combustão onde existe a expulsão que permite dar rotação à cambota também aqui acoplada.
Nesta peça central ligam praticamente todos os elementos, é feito normalmente em ferro fundido e possui vários canais de água para arrefecimento e óleo para lubrificação dos diversos componentes do motor.
é possível que por falta de lubrificação ou tratamento do motor as paredes internas do bloco, onde correm os pistões/segmentos fiquem riscadas ou desgastadas... é algo incomum contudo é possível rectificar o problema aumentando a cilindrada do motor.

_______________________________________________________

14 - Distribuição

Nomes técnicos: Timing Chain (kit)

Foto ilustrativa:


Descrição e funcionamento:

Quando as duas árvores de cams - cambota - consequentemente os pistões - válvulas encontram-se na posição "zero", a isto se chama ponto do motor.
A distribuição é responsável por fazer rodar estes elementos através da força transmitida da explosão pela combota.
É imprescindível que este elemento esteja impecável, uma dessincronização provocará o descontrolo da explosão. Esse descontrolo poderá resultar em abertura tardia ou precoce das válvulas, sejam de escape ou admissão o que resultaria em excesso ou falha de compressão. No pior dos cenários, a abertura de uma das válvulas fora do tempo poderá coincidir com a subida de um pistão o que irá provocar a destruição de ambos os elementos.
A distribuição pode ser feita através de correia ou corrente, sendo a ultima mais elásticas e de maior duração.
Como peças de desgaste temos como mais comuns a correia/corrente, guias em plástico, rodas dentadas e tensor.
Uma distribuição dura em média 100.000 kms usando correia e 200.000 kms usando corrente. (confirmar para cada modelo).

_______________________________________________________

15 - Correia dos elementos

Nomes técnicos: Drive Belt

Foto ilustrativa:


Descrição e funcionamento:

A correia dos elementos é responsável por transmitir a rotação imposta pela cambota aos vários elementos do motor. destes elementos destaco a bomba de água, bomba de óleo, bomba de direcção assistida, compressor de ar condicionado e alternador.
Caso esta correia falhe ou rebente o motor fica sem lubrificação e sem arrefecimento, assim que se note o mau funcionamento do mesmo é obrigatório imobilizar o veiculo, caso contrário o motor ficará danificado.
Em média esta correia deverá ser trocada a cada 80.000 kms aproximadamente ou quando notado desgaste prematuro.
Como elementos de desgaste deste elemento temos a própria correia, o tensor que permite manter a mesma sempre esticada e os rolamentos que mantêm a direcção da correia (Polley´s).

_______________________________________________________

16 - Veios de equilibrio

Nomes técnicos: Balance shafts

Foto ilustrativa:


Descrição e funcionamento:

A função dos veios de equilíbrio é tornar a experiência de condução mais suave e com menos vibrações.
Os veios de equilíbrio estão situados em locais opostos do bloco (frente e trás) e sofrem rotação imposta pela cambota através de uma corrente metálica.
Para que sejam diminuídas as vibrações no motor os veios rodam ao contrário da força imposta pelo motor, fazendo este trabalhar de maneira mais suave e compensada.
É comum em alguns casos os utilizadores retirarem estes veios eliminando o atrito criado pelos mesmos.
Alegadamente isto recupera potência perdida pelo sistema e mantém a qualidade de condução.
Como elementos de desgaste temos a corrente metálica, rodas dentadas dos veios, tensor e guias.

_______________________________________________________
« Última modificação: 09 de Fevereiro de 2013, 00:51 por TesZero »
SAABsPORTUGAL - Comunidade SAAB em PORTUGAL

Offline TesZero

  • Stage VI
  • ***
  • Mensagens: 7980
  • Actividade:
    0%
    • Comunidade Saab
  • Localização:
    Porto
Re: Mecânica geral - Nomes e funções dos componentes mecânicos
« Responder #3 em: 07 de Fevereiro de 2013, 18:55 »
(Vazio para preencher com informação)
« Última modificação: 09 de Fevereiro de 2013, 00:51 por TesZero »
SAABsPORTUGAL - Comunidade SAAB em PORTUGAL

Offline TesZero

  • Stage VI
  • ***
  • Mensagens: 7980
  • Actividade:
    0%
    • Comunidade Saab
  • Localização:
    Porto
Re: Mecânica geral - Nomes e funções dos componentes mecânicos
« Responder #4 em: 07 de Fevereiro de 2013, 18:55 »
(Vazio para preencher com informação)
« Última modificação: 09 de Fevereiro de 2013, 00:52 por TesZero »
SAABsPORTUGAL - Comunidade SAAB em PORTUGAL